VIOLÊNCIA DEIXA SERGIPE COMO ESTADO MAIS PERIGOSO DO PAÍS

Dados mais recentes divulgados pelo Ministério da Saúde mostram que o número de mortes violentas chega a 60 mil por ano no Brasil.

O Jornal da Globo divulgou dados mais recentes do Ministério da Saúde com o número de mortes violentas no país. Por ano, o número chega a 60 mil mortes. Sergipe continua sendo o estado mais perigoso do Brasil, a taxa de mortes violentas é o dobro da média nacional. O índice de violência continua crescendo e a cada os marginais se tornam mais ousados. Os sequestros, assaltos, roubos e assassinatos estão se tornando uma rotina no estado.

Sergipe – No estado mais perigoso do Brasil, a taxa de mortes violentas é o dobro da média nacional. O estado mais perigoso do Brasil tem quase o dobro da média nacional. “Diretamente nos identificamos que 70% destes casos tem relacionamento com as drogas” disse o promotor Djaniro Jonas.

Pais lamentam morte de filho – Vanusa da Mota e Djalma Lima Santos, pais do David Mota Santos, assassinado em Sergipe. David tomou um único tiro na cabeça depois de voltar para buscar um perfume que uma cliente da mãe havia encomendado. “Era você mesmo, seu viadinho” foi o que ele ouviu antes de morrer. Quando o amigo que estava com David comunicou a irmã dele, ela foi imediatamente contar para Vanusa. “A ficha na hora não caiu”, conta. Disseram que era um tiro na perna, mas quando encontrou seu irmão no caminho para o local, ele disse a ela: não foi na perna e ele já está morto. Vanusa conta que dói demais saber que o filho foi morto por um amigo de farda do pai, um tenente despreparado. O pai Djalma para pensar e se diz perplexo com tamanha brutalidade. “Meu filho foi executado”.

Belém, Pará – Em 15 anos, as mortes violentas tiveram um aumento expressivo na cidade, agora chegam a quase 900. A taxa por grupo de 100 mil habitantes, já é quase o triplo. 27 tiros. Uma execução. Mais um crime em Belém. Em 15 anos os crimes violentos tiveram um aumento expressivo na cidade e hoje chega a quase 900. A taxa de mortes por 100 mil habitantes quase triplicou neste período.

Manaus, Amazonas – A maior cidade da região norte também viu um aumento da violência em 15 anos. Manaus faz muito mais vítimas atualmente do que no ano 2000. E a taxa de mortes violentas passou de 32 para 55. A maior cidade da região norte também viu um aumento da violência nos últimos 15 anos. Manaus hoje vê muito mais assassinatos do que no ano 2000 e taxa de mortes violentas passou de 32 em 2000 para 55 em 2015.

Cenário no Brasil – De cada 100 mortes violentas no Brasil no ano 2000, 58 foram no Sudeste e 26 no Norte e Nordeste. Em 2015, 40 de cada 100 mortes foram no Norte e Nordeste e 28 no Sudeste. Os números de 2015 mostram que uma região se tornou a menos violenta e as outras duas as mais violentas do país. Em cada 100 mortes no Brasil em 2000: 58 foram registrados na região Sudeste e 26 nas regiões Norte e Nordeste. Os números de 2015 mostra que uma região se tornou menos violenta e as outras duas a mais violenta do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *