Tiroteio deixa quatro PMs baleados no conjunto de favelas do Alemão, no Rio

Um tiroteio deixou quatro PMs baleados e assustou moradores do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio, nesta terça-feira (30). Segundo o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília, policiais da unidade foram atacados por criminosos armados, por volta das 11h, durante um patrulhamento da localidade conhecida como Beco do Gesso. A PM mandou o Bope como reforço para a região.

Dois policiais foram baleados na perna, um atingido de raspão na cabeça e outro por estilhaços no rosto. Os agentes foram encaminhados para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, Zona Norte do Rio.

Mais cedo, por volta das 9h, houve outro confronto, mas na região do Capão. Não houve feridos.

Os moradores do Complexo do Alemão vêm vivendo um clima de guerra cotidiana. Nesta segunda-feira (29), morreu a auxiliar de serviços gerais Marinete Berto, vítima de bala perdida, quando chegava em casa por volta das 17h, depois de mais um dia de trabalho.

Marinete voltava do trabalho quando foi atingida na cabeça por um tiro (Foto: Reprodução Facebook)

Baleada na cabeça, Marinete chegou a ser levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alemão e depois para o Hospital Salgado Filho, no Méier, na Zona Norte, onde passou por cirurgia.

A PM disse que o tiroteio começou depois de um ataque à base da UPP Fazendinha, em um local conhecido como Zona do Medo.

No início do mês, o Alemão também viveu dias de intenso tiroteio. No dia 4 de maio, cinco pessoas foram mortas durante os confrontos no complexo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *