Temer quebra tradição na PGR

O Presidente da República, Michel Temer (PMDB), indicou a subprocuradora da República Raquel Dodge para o lugar de Rodrigo Janot, atual Procurador Geral da República, e quebra tradição na PGR de indicar sempre o Procurador mais votado entre os próprios procuradores. O mandato de Janot vai até o dia 17 de setembro.

Na manhã de quarta-feira (28), Temer recebeu a lista dos três procuradores mais votados pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). Além de Raquel, Nicolao Dino e Mario Bonsaglia estava na relação onde Dino foi o mais votado com 621 votos contra 587 de Raquel e 564 de Bonsaglia.

Segundo a Constituição Federal, o presidente pode indicar ao cargo qualquer integrante do Ministério Público com mais de 35 anos de idade. Criada em 2001, porém, a lista tríplice é defendida pelos procuradores da República como um dos principais instrumentos de autonomia da carreira.

Raquel Elias Ferreira Dodge é Bacharel em Direito pela Universidade de Brasília e Mestre em Direito pela Universidade de Harvard; ingressou no Ministério Público no ano de 1987; Membro do Conselho Superior do Ministério Público; Integra o 3ª Câmara de Coordenação e Revisão trata de assuntos relacionado ao consumidor e à ordem econômica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *