Reforma trabalhista é aprovada no Senado

Projeto de lei vai agora à sanção presidencial. Texto traz a prevalência dos acordos coletivos em relação à lei em pontos específicos. 

Após uma sessão conturbada, o texto-base da reforma trabalhista apresentado pelo Governo Michel  Temer passou no Senado, que agora analisa os destaques que podem alterar o conteúdo final do texto. O plenário aprovou nesta terça-feira, por 50 votos a favor, 26 contra e uma abstenção, o esqueleto do projeto de lei que traz a prevalência dos acordos coletivos em relação à lei em pontos específicos, o fim da obrigatoriedade da contribuição sindical, obstáculos ao ajuizamento de ações trabalhistas, entre outras alterações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *