Palocci recebe sentença do Juiz Moro

Na manhã desta segunda-feira (26), Antônio Palocci foi condenado a 12 anos e dois meses por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro na Operação Lava-Jato. O ex-ministro foi sentenciado pelo Juiz Sérgio Moro a prisão em Curitiba que está desde ano passado.

O inquérito foi instaurado para apurar a interferência e recebimento de propina por Palocci em contratos da Petrobras favorecendo a construtora Odebrecht quando ele era Ministro da Casa Civil e membro do conselho administrativo da Petrobras.

O caso apurando foi no edital para construção de sete sondas e o Estaleiro Atlântico Sul havia saindo vencedor. No entanto, a construtora pagou propina ao ex-ministro para realização e garantia de vitória no novo edital. Palocci interferiu, junto a diretoria da Petrobras, para a concretização de novo edital e desta vez beneficiado a Odebrecht.

Além de Antônio Palocci, Renato Duque (Ex-Diretor de Serviços da Petrobras); Marcelo Odebrecht (ex-Presidente do Grupo Odebrecht); João Vaccari Neto (ex-Tesoureiro do PT); e Brasnilav Kontic (assessor especial de Palocci) e outros nove réus também receberam sentenças no mesmo processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *