HU de Lagarto recebe recurso do Ministério da Saúde

Investimento faz parte do Programa de Reestruturação dos Hospitais Universitários (Rehuf)

O Hospital Universitário de Lagarto (HUL) recebeu do Ministério da Saúde um recurso de R$ 4.674.349,48 (Quatro milhões, seiscentos e setenta e quatro mil e trezentos e quarenta e nove reais e quarenta e oito centavos) O investimento faz parte do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf ), instituído pelo Decreto 7.082, de 27 de janeiro de 2010. O Hospital Universitário de Aracaju também foi contemplado com recurso, recebendo o valor de R$5.002.985,36. As Portarias com os valores foram publicadas no Diário Oficial da União nos dias 2 e 4 de maio.

REHUF – De acordo com o artigo 2º do Decreto, o Rehuf tem como objetivo criar condições materiais e institucionais para que os hospitais universitários federais possam desempenhar plenamente suas funções em relação às dimensões de ensino, pesquisa e extensão e à dimensão da assistência à saúde. Esta norma estabelece também que no campo do ensino, pesquisa e extensão, os hospitais universitários desempenham as funções de local de ensino-aprendizagem e treinamento em serviço, formação de pessoas, inovação tecnológica e desenvolvimento de novas abordagens que aproximem as áreas acadêmica e de serviço no campo da saúde.

EBSERH – O Superintendente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) do Hospital Universitário de Lagarto, Valter Joviniano, afirmou que a verba Rehuf será destinada ao melhoramento do parque tecnológico do hospital e ajustes de infraestrutra que possibilitem aumentar a oferta de servi- ços do hospital. “Com essas medidas pretendemos dar melhores condições de trabalho aos nossos colaboradores, e prestar uma assistência de qualidade aos nossos usuários, criando um ambiente propício para a nossos alunos”, declarou o superintendente. O gestor explicou que todo esse planejamento visa preparar o hospital para a chegada da gestão plena da Ebserh, mas os ganhos serão sentidos de imediato, pois a cada aquisição de novos equipamentos ou ajustes estruturais já serão deixados à disposição do serviço, elevando a qualidade da assistência prestada na unidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *