FARC sem armas

Na tarde de segunda-feira (26), Forças Armadas Revolucionária da Colômbia, mundialmente conhecida como FARC, entregou cerca de 7 mil fuzis, pistolas, lança-granadas de posse dos guerrilheiros para a ONU após de quatro anos de negociação entre a guerrilha, Governo Colombiano e as Nações Unidas.

Após meio século de atuação, o líder da guerrilha Rodrigo Londoño e o Presidente da Colômbia Juan Manuel Santos assinaram o acordo de paz em Novembro de 2016 e desde então foi criado o “calendário da paz” pela ONU para a desmilitarização dos combatentes onde a entrega final está prevista para 1° de Agosto.

As contrapartidas foi a reintegração dos guerrilheiros a sociedade civil colombiana porque se encontra 30% dos membros da FARC são menores de 18 anos e por outro lado teve a devolução de territórios comandados pela guerrilha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *