Enquete mostra que prefeito Edvaldo Nogueira não realiza um bom governo

Neste mês de junho, os prefeitos eleitos dos 5570 municípios brasileiros completam seis meses de gestão. Em Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB) foi eleito vencendo Valadares Filho (PSB) por uma diferença de 11 mil votos em segundo turno e fez uma série de promessas à população durante a campanha.
Edvaldo Nogueira chegou a prefeitura em 2000 como vice-prefeito de Marcelo Dedá (PT) e foi reeleito quatro ano depois, mas 2006 foi elevado ao cargo de prefeito porque Déda se candidatou ao Governo de Sergipe.
Em 2008, Edvaldo conquistou sua reeleição de prefeito em primeiro turno com 51% dos votos sobre Mendonça Prado (DEM).
A equipe da A GAZETA saiu às ruas para ver qual a opinião dos aracajuanos sobre os primeiros seis meses da administração Edvaldo Nogueira.

Em 2008, Edvaldo conquistou sua reeleição de prefeito em primeiro turno com 51% dos votos sobre Mendonça Prado (DEM)

“O mesmo que nada. A avenida que liga São Cristóvão à Aracaju está esburacada. Ou seja, é o mesmo que nada” Elquison dos Santos Cravo, 32
Ele deve fazer melhorias na educação, saúde, bairros alagam quando chove. O estado, município deve se unir para melhor o estado de Sergipe” Erinaldo de Santana Filho, 41
“Ele mudou quase nada na cidade de Aracaju depois da saída do outro prefeito” Hilton José, 62

A Favor:

“Acho boa gestão até o momento, no entanto mais para frente tem uma melhor avaliação”
Maria José dos Santos, 52

“Ainda precisa melhorar, mas está no caminho certo”
José Almeida, 56

“Edvaldo Nogueira está numa péssima administração. Cheio de Buracos, bairros alagados”
Maria do Carmo Ferreira, 60

“Edvaldo foi um erro porque ele está agregando nada”
Antônio da Silva Soares, 42

“Na minha modesta opinião, o prefeito Edvaldo Nogueira está mal e perdido”
Geraldo da Silva, 54

Contras:

“Está deixando a desejar como, por exemplo, no quesito de excesso de multa que estão sendo aplicada”
Tatiana Vieira, 21
“Ele ainda não resolveu nada nesses seis meses, e do jeito que vai acabará não fazendo nada também até o final do seu governo”
Arivaldo Ari, 77
“Entra um e sai outro, mas fica a mesma coisa. No bairro onde moro não tem benfeitorias”
Luzia Silveira, 73

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *