DIA DOS NAMORADOS PODE ANIMAR O COMÉRCIO SERGIPANO

Considerada uma das datas mais importantes para o comércio, o Dia dos Namorados, em 12 de junho, pode aquecer as vendas no inicio do mês junino e movimentar o Estado.

A previsão, ainda que tímida, é da FCDL/Sergipe, que aposta na data para recuperar eventuais perdas que foram registradas no primeiro quadrimestre do ano, diante dos feriados, greve e paralisação, além das vendas que não responderam bem no ‘Dia das Mães’.

Para Edivaldo Cunha, que preside a entidade, a aposta no Dia dos Namorados se justifica pela tradição dos casais trocarem lembranças, ainda que jovens, ainda que adultos ou idosos.

“São presentes duplos, sempre um querendo retribuir ao outro, por isso essa tradição pode movimentar o comércio nesse início de junho”, crê.

Mesmo diante de queda nas vendas registradas nos últimos quinze dias, o presidente do Sindilojas/Sergipe, Gilson Figueiredo, espera que a data dos Namorados traga um “fôlego” para os lojistas e que possa ser emendado com outra tradição.

“Em nosso estado, os festejos juninos são muito fortes, com várias cidades, clubes, entidades e escolas festejando amplamente o São João. Isso também pode alavancar as vendas neste mês, começando com o Dia dos Namorados”, enfatiza.

SPC/ Brasil – De acordo com o indicador calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), as vendas a prazo caíram 15,23%, entre os dias 5 e 11 de junho, na comparação com o mesmo período do ano passado.

O Dia dos Namorados é a terceira data mais lucrativa para o comércio, ficando atrás somente do Natal e do Dia das Mães. Segundo uma pesquisa de intenção de compras feita pelo SPC Brasil, os produtos mais procurados neste período seriam os itens de vestuário, calçados, perfumaria, floricultura, celulares, jóias e bijuterias.

Por Elton Coelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *