ADELSON BARRETO COBRA INVESTIMENTOS NA ÁREA ESPORTIVA

O número de pessoas que não praticam e nunca praticaram qualquer tipo de esporte ou atividade física chamou atenção do deputado Adelson Barreto (PR), que usou a tribuna da Câmara Federal nesta quarta-feira (31), para cobrar do poder público investimentos na área esportiva. De acordo com dados apresentados pelo parlamentar, cerca de 123 milhões de jovens e adultos não praticam qualquer tipo de esporte ou atividade física no País.

Segundo o deputado, uma pesquisa realizada pelo Ministério do Esporte com o IBGE, analisou a prática de esportes e atividades físicas, e revelou que 38,8 milhões de pessoas de 15 anos de idade ou mais praticaram algum tipo de esporte em 2015. Entretanto, das 123 milhões de pessoas que não praticaram nenhum tipo de esportes no período da realização da pesquisa, 91,3 milhões delas revelaram que nunca praticaram qualquer tipo de esportes em toda a vida. “Os jovens de 15 a 17 anos de idade, afirmaram não dispor de interesse por esporte. Já entre as pessoas com mais idade, a ausência da prática de esporte é a falta de tempo; essa foi à alegação”.

Ainda de acordo com o levantamento apresentado pelo deputado, o principal motivo para praticar esporte, declarado por 11,2 milhões de pessoas, ou seja, 28,9% dos que praticaram, foi relaxar ou se divertir, seguido de melhorar a qualidade de vida ou o bem-estar.

O futebol foi à modalidade esportiva mais praticada no Brasil, seguido pela caminhada e pelo esporte fitness, ou seja, a academia. “O futebol foi o esporte favorito e a principal modalidade esportiva para 15,3 milhões de pessoas que tinham por hábito praticar alguma atividade esportiva ou física em 2015. Já a caminhada foi à atividade física mais praticada em todas as idades, principalmente para as pessoas que têm 60 anos de idade ou mais”, destacou o deputado.

Adelson finalizou seu discurso enaltecendo a importância da prática de atividade física para a melhoria da qualidade de vida, do bem-estar da população e acima de tudo na prevenção de doenças. “Atividade física é saúde e saúde é vida”, alertou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *